21
jun

Vida que segue…


pexels-photo-196666

Acho que nunca falamos sério sobre nós. Acho que nunca tivemos a oportunidade de realmente entender tudo o que aconteceu. Fazem anos, mas eu ainda sinto. Sinto o que não deveria sentir. Sinto o que, definitivamente, não queria sentir. Afinal, eu prometi a mim mesma que isso não voltaria acontecer, eu prometi a mim mesma que não seria mais refém desse sentimento. Fico irritada comigo mesmo e não entendo por que as borboletas ainda borbulham no meu estomago sempre que falo com você. Fico irritada quando meu coração não segue as ordens da minha razão.

Às vezes eu paro para pensar e tento entender como você se sentiu sobre tudo isso. Eu tento entender o porquê tudo foi da forma que foi. Eu nunca soube o que você sentia verdadeiramente. Você nunca me falou nada e eu acho que jamais vou saber.

Eu acredito, de verdade, que por um momento o sentimento foi recíproco. Se eu parar por um instante e pensar no momento em que entrei naquele ônibus lotado e te vi, eu ainda consigo sentir as borboletas no estômago. Consigo lembrar dos milhares de ônibus que eu deixava passar e depois, quando finalmente o seu chegava, eu tentava disfarçar naturalidade para não demonstrar qualquer sentimento. Consigo lembrar do primeiro beijo no Largo. Consigo lembrar dos abraços, das risadas, do jeitinho carinhoso que me tratava e daqueles lindos e grandes olhos me olhando.

Por muito tempo eu achei que a gente não deu certo por minha culpa, até por que eu terminei “primeiro” e foi depois disso que tudo mudou. Eu me lembro, como se fosse ontem você dizendo “Você tem certeza disso? Você vai se arrepender”. E você estava certo, eu me arrependi. Não demorou muito e eu percebi que nada daquilo estava certo. Eu te amava, eu te queria. Eu havia cometido um erro. Um erro que me custaram alguns anos de humilhação.

Mas depois de um tempo eu parei de me culpar. Parei, pois apesar de ter errado eu tentei.. Nossa! Como eu tentei recuperar tudo aquilo. Você mais do que ninguém sabe o quanto eu tentei. Tentei tanto que perdi o bom senso. Não tinha mais noção do que estava fazendo. Não conseguia pensar antes de agir. Não media esforços. A única coisa que eu queria era você, mas nada adiantava, os esforços eram em vão. Quanto mais eu tentava, mas você se afastava. A impressão que eu tinha era que você queria se vingar de mim. Queria me punir por aquele término.

Eu perdi muita coisa por amar você, perdi o amor próprio, perdi a consciência, perdi relacionamentos que poderiam ter dado certo. Eu fiquei horas esperando você passar numa rua escura e gelada, eu já fui até a oficina onde você trabalhava só para te olhar, eu já implorei para você ficar por mais 10 minutos. Eu já escutei você falando de outras mulheres e eu tinha que me esforçar para engolir qualquer resquício de choro. Eu sempre usei meu “bom humor” para esconder meus piores medos e você nunca me levou a sério. Já riu de mim. Já se aproveitou dos meus sentimentos. Aparecia quando queria. Mas, sabe de uma coisa, eu não o culpo 100%. Que homem não gosta de se sentir amado? De saber que tem alguém esperando por ele? Além disso, eu tive grande parcela nisso, eu deixava você me tratar assim. O medo de te perder era tanto, que eu aceitava as “migalhas”.

E quer saber? Eu não me arrependo de nada.

Uma loucura né! Como não se arrepender de algo que só te fez mal?

É.. não me arrependo e sabe por quê? Porque, por mais que você não tenha dado valor a nada disso, eu tenho a tranquilidade de saber que eu tentei. Eu lutei pelo amor que eu sentia. Eu chorei. Eu fiz loucuras. Eu dei corpo e alma para conseguir o que eu queria. Eu lutei por você até onde deu.

E daí você pode até me perguntar. Como me amou tanto assim? Porque me amou tanto assim? Foi tudo muito rápido. É! Eu já me fiz essa pergunta. Como? Por quê? Pra quê? Mas, eu parei de pensar e de tentar entender. Você entrou na minha vida por um curto período de tempo, mas causou um impacto que ninguém vai substituir. Você me deixava sem ar. Minha cabeça girava. Minhas pernas ficavam bambas. Minha mão suava. Meu coração acelerava.

Mas, eu consegui superar. Eu aprendi a me amar. Hoje eu mudei, não sou mais uma adolescente disposta a tudo. Encontrei pessoas incríveis nesse caminho e sei que você também encontrou. A vida seguiu. O amor avassalador, louco e inconsequente que me deixava sem folego permanceu em um cantinho no fundo do meu coração.

Foram muitos altos e baixos, mas mesmo depois de tudo eu não tenho como minimizar a sua importância para mim. E hoje, pensando bem, sou grata por ter encontrado você pelo caminho, por ter te amado e pelo pouco tempo que passamos juntos. E eu tento guardar apenas as lembranças boas. Nossos momentos de alegria, foram poucos, mas foram marcantes.

Porque estou escrevendo tudo isso? Às vezes, falar sobre o que sentimos é a melhor forma de aliviarmos o coração. Talvez eu nunca tenha a chance de falar sobre tudo isso. Talvez eu não tenha significado para você metade do que você significou para mim. Talvez você ainda me ache maluca. Talvez você não entenda nada disso. Talvez você nem sequer leia isso. Faz tantos anos.. Não sei. A única coisa que eu sei e que, por mais que você não de a minima para tudo isso, toda essa história vale muito pra mim. É a certeza de que eu vivi com intensidade esse louco amor. Eu senti tudo isso. Eu fiz valer a pena. Eu tentei. Eu não desisti fácil.

Uma vez eu li em um texto que, as vezes, a maior atitude de amor que podemos ter é simplesmente deixar o outro ir, as vezes nem temos escolha, ele vai sem a gente querer mesmo. Nós jamais saberemos como teria sido se metade dessa história tivesse sido diferente.

Eu sei que não vou te esquecer. Eu sei porque eu sinto, mesmo não querendo sentir. Eu sei que vai lembrar de mim também.

Estou construindo uma nova história e não tenho nenhuma intenção de interferir na sua.

Vida que segue..

“Encontrar e deixar a paixão de sua vida não tem que ser a tragédia de sua vida. Deixa-lo pode ser sua maior benção. Afinal, algumas pessoas nunca chegam a encontra-lo”.

Com amor.

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Sentimentos
09
mar

DICA: 3 BLOGS QUE VÃO TE AJUDAR NA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL


Alimentação Saudável

Desde que tomei a iniciativa de mudar meus hábitos alimentares, comecei a pesquisar muito sobre o assunto, desde então, já achei diversos sites e blogs que compartilham RECEITAS DELICIOSAS E SAUDÁVEIS. Afinal! Quem disse que na reeducação alimentar você só pode comer arroz integral, frango grelhado e salada? Pasmem! Eu achava que sim. Sempre que iniciava um “regime” só pensava nesses três itens e ficava com peso na consciência se eu comesse qualquer outra coisa diferente. Não preciso dizer que a conclusão dessas tentativas foram todas frustradas, né?! Eu enjoava de comer só aquilo e desistia de tudo.

O que estou começando a aprender é que, para conseguir se reeducar você não precisa passar fome e muito menos se limitar a certos tipos de alimentos. Existe uma infinidade de receitas saborosas e saudáveis para se deliciar e aproveitar.

 

Selecionei 3 blogs que estão me ajudando (MUITO) nessa missão e gostaria de compartilhar com vocês.

 

Blog da Mimis

Pra começar a Michelle é um exemplo de determinação, garra e força de vontade. Ela disponibiliza muita (eu disse, muita!) informação legal. São várias dicas e receitas saudáveis para facilitar o dia a dia de quem vive na correria. Além disso, compartilha histórias reais de superação. Ando passando algumas horas do dia por lá!!

Blog da Mimis

 

Pitadinha

Faz poucas semanas que eu conheci o blog, mas já faz parte das minhas consultas diárias também. A Juliana disponibiliza receitas maravilhosas e saudáveis. Eu fico chocada com a infinidade de possibilidades que ela nos ensina. Sério! É incrível. Sabe aqueles itens que você nunca pensou em misturar.. então.. ela mostra que dá!

Pitadinha

 

Mila Cozzi

Gente! Esse foi outro achado na minha vida ♥ A Mila é chefe de culinária saudável. Não preciso dizer que o blog dela é o máximo, né?! Ela me proporcionou a felicidade de saber que eu posso comer panqueca sem deixar minha dieta de lado.

Mila Cozzi

Demais, né?!

Vocês conhecem mais blogs que disponibilizam essas delícias?

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Destaques, Saúde
25
fev

MUDANDO HÁBITOS


healthy-people-woman-girl

 

Hoje o papo é saúde!

É! Estou num momento em que preciso mudar meus hábitos alimentares e acabar com o sedentarismo. Confesso que antes de publicar esse post eu pensei muito, se o publicaria ou não, pois fiquei meio receosa de expor algo tão pessoal, mas decidi fazê-lo porque sei que com isso posso encontrar muitas pessoas (aliadas) que estejam na mesma missão: SER SAUDÁVEL!

Mesmo estando acima do peso, nunca precisei me preocupar com a saúde em si. Meus exames médicos sempre foram ok. Minhas aflições em relação a isso sempre eram estéticas. Só que algumas coisas aconteceram nos últimos anos. Precisei realizar um procedimento de Tireoidectomia Total devido a um nódulo maligno na minha tireoide, tive que passar por alguns procedimentos de tratamento que me deixaram dois meses (parece pouco, mas não é.) sem reposição hormonal alguma, o que me trouxe 20Kg (A ansiedade que eu estava nesse período também contribuiu muito no aumento de peso).

A questão é: Já se passaram 3 anos, eu não fiz nada para perder esses 20Kg e meu corpo está começando a gritar “ACORDA”. Por isso, eu preciso mudar! E, por isso, criei essa categoria no blog. Quero poder dividir minha rotina, minhas experiências, minhas receitinhas e minhas conquistas com vocês.

Não me preocupo com o número da calça que eu vou vestir, afinal não é errado ser gorda. A essência de uma pessoa é muito mais valiosa do que o corpo que ela tem. Não quero virar musa fitness (hahaha). O único objetivo é ser 100% saudável novamente, viver intensamente minha vida e ser feliz comigo mesma.

Não vai ser fácil, eu sei. Vou ter que encaixar exercícios físicos entre o trabalho, faculdade e as aulas de inglês. Vou ter que dedicar minutos do meu dia para preparar marmitinhas. Vai ser corrido, vai ser cansativo, mas eu vou conseguir e vai valer a pena.

Se sintam a vontade nesse espaço. ELE É NOSSO!

Beijos

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Destaques, Saúde
11
fev

MINHA WISHLIST DE FEVEREIRO


WishList Fevereiro

 

E hoje inaugura o Wishlist do blog! Isso mesmo! Quero compartilhar com vocês (mensalmente) meus desejos de consumo.

Foi muito divertido montar essa categoria com os produtinhos que fico namorando pela internet e fora dela. Alguns deles são meros desejos, mas os demais, são produtos que realmente pretendo adquirir o mais rápido possível. Neste mês tem um pouquinho de tudo.

 

1. Árvore Flor de Luz: Imaginarium

2. Headphones Taylor Rose Gold & White: We Are Frends

3. Caneca: Imaginarium

4. Base Too Faced: Sephora

5. Bolsa: Amaro

6. Almofada Incircle: Tok Stok

7. Gaveteiro Lino: Tok Stok

 É muita coisa linda ♥ 

Espero que gostem! Ah, vou amar saber quais são os seus produtinhos especiais desse mês 🙂 Conta nos comentários!!!

Beijos

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Destaques, Wishlist
30
jan

DECOR: ARARAS DE ROUPA


145d8012be585848ffb21bfb0b708f9b

Com o tempo vocês vão perceber, mas eu já adianto que sou apaixonada por decoração, ideias de organização (mesmo não sendo organizada, haha) e papelaria, por isso, esse assunto será rotineiro por aqui. Vira e mexe quero mudar alguma coisa na minha casa e, nesses momentos de ansiedade, eu passo horas (Isso mesmo! Horas!) no Pinterest buscando novas ideias. Não preciso dizer que ele supera todas as minhas expectativas, né?! 

Hoje, eu estou em um momento de: Quero mudar meu quarto. Torna-lo mais aconchegante e moderno, mas descobri que é um desafio fazer isso quando você não tem muito espaço. Umas das ideias que eu tive é otimizar o espaço que o guarda roupa ocupa no ambiente. Ao procurar alternativas para isso eu encontrei as lindas e estilosas, Araras de Roupas.

São muitas opções de tamanhos, cores e designs. Por isso, quero compartilhar com vocês algumas das minhas inspirações para utiliza-las. E, quem sabe, inspira-las em uma mudança também 🙂

 

Araras 1_

(Imagem: 1|2|3|4)

Arara 2_

(Imagem: 1|2|3|4)

44e6bb5a38476624941bb7f2d41d1381-tile

(Imagem: 1|2)

E aí, gostou das inspirações deste post? Comenta aí!

Beijos

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Decoração, Destaques
18
jan

QUE TAL SE ARRISCAR COM OS TURBANTES NESSE VERÃO?


44a1225c9dd4b23b53e8a9d8360bd91f

Eles são lindos, charmosos, cheios de cores e estão em alta, mas, não é só isso, os turbantes (ou, lenços) são nossos aliados para lidar com o vento, o mar, o sal e a quebra dos fios. Além disso, prometem muito charme.

Temos muitas opções para usar e abusar desse acessório.

 

Estilo Pin UP!

Pin Up 2115 x 878

(Imagem: 1/2/3)

Para quem gosta de um ar retro e bem feminino, este é o ideal.

 

Estilo Tropicalista!

770 x 365

(Imagem: 1/2/3)

O lenço turbante valoriza cabelos ondulados e volumosos.

 

E MUITO MAIS..

+ Estilos Turbante

(Imagem: 1/2/3/4)

Você sabia: Além de lindos e charmosos os turbantes possuem uma bagagem cultural riquíssima. Em alguns lugares, eles possuem significados religiosos e culturais. Aqui no Brasil, ele é muito simbólico, pois faz parte das nossas raízes africanas.

 

Qual desses modelos vocês usariam?

 

Beijos

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Destaques, Inspirações
14
jan

A COR DO ANO!


Oi, pessoal.

Há 15 anos, a Pantone Color Institute, que é expert quando o assunto é coloração, elege uma cor para o ano. Excepcionalmente, em 2016, a empresa elegeu dois tons: Rosa Quartz (rosa claro) e Serenity (azul em tom pastel).

A Pantone ressaltou que a escolha está ligada a dois fatores: A busca por serenidade e o momento atual da moda, em que os consumidores se sentem mais confortáveis em usar cores como forma de expressão e não mais se importar com rótulos.

Eu AMO os tons pastel, então não preciso dizer que amei a escolhe, né?!

Trouxe algumas inspirações para usar esses tons.

♥ Detalhes para a casa

Looks (1)

.. e looks ♥

Looks

Olha que fofura de produtos eu achei com essas tonalidades.

cats

 

E aí, o que acharam da nova tendência?

Beijos da Jú

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Destaques, Inspirações
30
dez

Cheguei ♥


Tags: ,

Olá, pessoal!

Tudo bom?

Você programa, tem ideias, sonha e espera ansiosamente pelo momento em que poderá iniciar o seu projeto e quando chega o tão esperado dia, as ideias somem a programação parece não ter dado muito certo e a ansiedade parece que aumenta (Oi?!). É! Esse é um breve resumo do turbilhão de emoções que estou sentindo nesse momento.

Estou explodindo de felicidade (finalmente consegui concluir o blog), mas ao mesmo tempo com borboletas no estômago (será que vão gostar?).

Vou pular a apresentação formal (Oi, meu nome é Juliana…) e vou dizer que este espaço foi criado com muito carinho pra você e que a intenção dele é, através das minhas experiências e aventuras, trazer boas informações, alegria e amor 

Muitooo obrigada pela sua visita!

A partir de hoje, tamo junto 🙂

Beijinhos

Utilizar esse arquivo

Juliana WankeJuliana Wanke
Falou sobre: Momentos

Ju Wanke - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017